The Barnes Fondation, Filadélfia

The Barnes Foundation, na Filadélfia, é uma visita imperdível para estudiosos e apaixonados por arte. O museu abriga a coleção riquíssima do químico e farmacêutico Albert C. Barnes (1872-1951). Inaugurada em 1922, a fundação tem a missão de promover o avanço da educação e a apreciação de artes e da horticultura.

img_5727

O acervo é a maior coleção do mundo do artista Pierre-Auguste de Renoir, com 180 quadros e uma escultura. Além do pós-impressionista, outros nomes de peso integram a coleção do empresário: Cézanne, Picasso, Matisse, Miró, Rousseau, Modigliani, Soutine são alguns dos artistas.

No antigo prédio em Merion estão as 2.500 espécies de árvores e plantas e o programa educacional de horticultura. No novo prédio, planejado pelos arquitetos Tod Williams e Billie Tsein, todo o acervo de arte de Barnes. Inaugurada em 2012, o espaço conta com biblioteca, auditório e restaurante; além da galeria de arte que é uma réplica perfeita das salas em Merion.

A disposição das obras é uma atração à parte. Barnes passou anos organizando sua coleção de forma simétrica e minuciosa, para que e os aspectos das composições dialogassem entre si. É inevitável a observação das diferenças e das semelhanças entre as obras. Aqui você pode ver um pouco mais sobre isto.

The Barnes Foundation in Philadelphia, is a must visit for students and art enthusiast. The museum hosts the rich collection of Dr. Albert C. Barnes (1872-1951), a chemical and pharmaceutical entrepreneur. Inaugurated in 1922, the foundation’s mission is to“promote the advancement of education and the appreciation of the fine arts and horticulture.” 

img_5734

 The collection is the world’s largest set of Pierre-Auguste Renoir, with 180 paintings and one sculpture. Besides the post-impressionist, other big names are part of the selection such as Cézanne, Miró, Picasso, Matisse, Rousseau, Modigliani and Soutine.

In the historic building, located in Merion, there are 2,500 species of trees and plants, besides the horticulture program. In the new building, planned by Tod Williams and Billie Tsein Architects, is the entire art collection. Inaugurated in 2012, the space has a library, an auditorium and a restaurant; besides the art gallery that is a perfect reproduction of the rooms in Merion.

The arrangement of the pieces of art is another attraction. Mr. Barnes spent years organizing his collection in a symmetrical and detailed way; so the aspects of compositions dialogs to each other. The perception of differences and similarities between the works is inevitable. Click here to see more about this.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s